domingo, 31 de janeiro de 2010

APOIO DE JOÃO MAIA A IBERÊ DEFINE POLARIZAÇÃO PARA GOVERNO DO ESTADO


João Maia almoça com Micarla para tentar convencê-la a apoiar Iberê

Deputado quer atrair prefeita de Natal para o palanque do vice-governador. João Maia vai oferecer vaga de vice na chapa de Iberê ao PV.

O deputado federal João Maia (PR) decidiu arregaçar as mangas e cair em campo para ajudar o vice-governador Iberê Ferreira de Sousa (PSB) a montar o palanque com vistas à sucessão estadual. Após a reunião de quase duas horas, ontem (27), com Iberê, João Maia almoça hoje com a prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV), para tentar conquistar o apoio da pevista ao projeto eleitoral do vice-governo. A grande moeda de troca para seduzir a prefeita é a possibilidade do PV indicar o vice na chapa de Iberê.

O almoço – a portas fechadas – será no Palácio Felipe Camarão, sede do Executivo Municipal. Micarla e João devem conversar sobre questões administrativas, mas o cardápio principal do convescote será a sucessão da governadora Wilma de Faria.

A estratégia para atrair Micarla foi definida no encontro de ontem entre João Maia e Iberê. O republicano é próximo da prefeita e mantém cargos de confiança na administração municipal, como a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), ocupada pelo advogado Kelps Lima.

O almoço, aliás, foi proposto por João Maia. Com essa movimentação, o parlamentar deixa claro que o apoio a Iberê não será só da boca para fora. João Maia está disposto a trabalhar efetivamente pela eleição do pessebista. A missão de atrair Micarla é seu primeiro teste de fogo.
Fonte: Portal Nominuto
Blog Cajarana

Serviço de Utilidade Pública



Trata-se de uma pessoa da Sinergia. Por favor, não deixe de passar!!!

Se você apagar isto sinceramente você não tem coração...


Oi, eu tenho 29 anos. Deus me abençoou com uma menina. Minha filha é chamada Raquel e ela tem 10 Meses de idade. A alguns dias os doutores encontraram nela um câncer cerebral . Há só um caminho para salva-lá... Operação.Infelizmente, eu e meu marido não temos bastante dinheiro para cobrir isto.AOL e ZDNET nos ajudarão. Pedimos
a você que repasse esse email a todas as Pessoas que puder e AOL limpará este e-mail e contará as pessoas recebidas. Cada pessoa que abrir este correio e passar adiante três pessoas pelo menos, nós receberemos 32 centavos..
Por favor nos ajude. Sinceramente Abraços

Wanessa da Silva Pinto

Petrobrás/Projeto Sinergia/Coordenadora de Curso Telefone: (21) 3876-3235 (21) 3876-3235 Rota: 816
Chave: XL41
e-mail: wanessasp@petrobras.com.br

CARNAVAL 2010 EM CERRO CORÁ


SÁBADO 13/02 a partir das 21:00h.
MARQUINHOS CARREIRA
FORRÓ PENERADO ELETRICO

DOMINGO 14/02 a partir das 21:00h.
MAX E BANDA ESTRELA
PEGA NA BONECA ELETRICO

SEGUNDA - FEIRA 15/02 a partir das 21:00h.
BANDA DETTONA
FORRÓ PENERADO ELETRICO

TERÇA-FEIRA 16/02 a partir das 21:00h.
BANDA MIX
FERRO NELA

Monumento está quase pronto

Santa Rita de Cássia é conhecida como a santa das causas impossíveis. Segundo a crença dos católicos, para ela nada é impossível e, por sua bondade, nada é negado. Em poucos meses, a santa italiana terá mais uma tarefa para resolver: transformar a cidade de Santa Cruz, no interior do Rio Grande do Norte, em centro de peregrinação no Nordeste. Para isso, um convênio entre a Prefeitura de Santa Cruz, o Governo Federal e o Governo do Estado está finalizando a construção de uma estátua de Santa Rita de 42 metros de altura, que custou mais de R$ 5 milhões e será a maior estátua católica do mundo.

Fonte: Tribuna do Norte

Robinson Faria: ‘Minha candidatura a vice de Rosalba Ciarlini é irreversível’

O deputado estadual Robinson Faria, presidente da Assembleia Legislativa e do PMN, anuncia oficialmente que será o candidato a vice-governador na chapa da senadora Rosalba Ciarlini (DEM). Nesta entrevista exclusiva a TRIBUNA DO NORTE, o presidente da Assembleia Legislativa confirma o rompimento com a governadora Wilma de Faria e afirma que a alternativa de ser vice na chapa da oposição não é uma vingança contra a chefe do Executivo, mas uma interpretação do “sentimento das bases”. “Estou tomando uma decisão por convicção, não é por vingança. Eu sou um político que tenho percepção e tradição de ouvir o sentimento das pessoas”, destaca.

Emanuel Amaral‘Minha candidatura  a vice de Rosalba Ciarlini é irreversível’‘Minha candidatura a vice de Rosalba Ciarlini é irreversível’
Durante uma hora, ele falou do projeto de ser candidato a governador, das decepções com a governadora e fez algumas revelações sobre fatos políticos. O deputado do PMN afirmou que a então candidata à reeleição Wilma de Faria, em 2006, colocou resistência ao nome de Iberê Ferreira para ser vice na chapa.

“Ela (Wilma de Faria) não queria Iberê. Lembro-me que quando sugeri Iberê ela resistiu. Iberê estava desmotivado para ser candidato a deputado federal, portanto, não foi demonstração de heroísmo ele aceitar o convite”, disse o deputado do PMN.

Sobre o deputado federal João Maia, presidente estadual do PR e hoje aliado de Iberê Ferreira, Robinson Faria afirmou que ele era o principal incentivador para romper com o governo Wilma, a quem considerava “muito desgastado”.

“Ele (João Maia) dizia que não queria ficar no governo, que esse era um governo desgastado, que não tinha nenhuma simpatia pelo projeto do candidato apoiado por Wilma”, disse o deputado. Robinson Faria evitou usar o termo traição ao avaliar o fato da governadora ter alimentado o projeto político dele e depois declarado apoio a Iberê Ferreira, mas disse que se considera “injustiçado” e deixa o julgamento para a opinião pública. Ele ressaltou que não se sente “devedor desse governo”. Para Robinson Faria, sua posição é de “credor” da atual administração. Sobre os cargos que indicou para a gestão estadual, o líder do PMN destacou: “Esses cargos sempre foram dela”. “Para demitir Jáder Torres (ex-diretor do DER) ela (a governadora) não combinou comigo. Ele foi demitido por uma mensagem de telefone. Se ela não combinou para demitir Jáder também não precisa combinar para demitir os demais”, frisou.

A seguir os principais trechos da entrevista concedida por Robinson Faria a TRIBUNA DO NORTE.

O senhor é candidato a vice-governador na chapa da senadora Rosalba Ciarlini?
Eu recebi o convite há vários meses do senador José Agripino Maia e, posteriormente, do casal, Rosalba e Carlos Augusto Rosado, testemunhado pelos deputados estaduais do DEM, que estavam presentes na conversa, e pelo deputado Raimundo Fernandes (PMN). Na época, eu ainda era pré-candidato a governador. Foi quando houve o episódio do nascimento dos meus filhos precoces (que ficaram internados por dois meses) e parei toda minha vida política de pré-candidato. Não dei resposta a esse convite. Disse. à senadora, que continuava candidato e iria pensar no assunto. Durante dois meses que fiquei no hospital com meus filhos, eles (senadora Rosalba Ciarlini e o senador José Agripino) me visitaram e perguntaram se eu já tinha resposta. Disse novamente que ainda não havia decidido. Quando retornei à minha vida normal (com a alta hospitalar dos filhos gêmeos) eu procurei o deputado federal João Maia, que tinha um acordo comigo de formar aliança para lançar um candidato, que poderia ser eu ou ele. Seria quem estivesse melhor nas pesquisas. Essa seria uma candidatura que se lançaria como via independente. Foi João Maia quem tinha me feito esse convite. Eu nunca cobrei dele para me apoiar. Era ele (João Maia) quem me incentivava à formação dessa aliança. Inclusive, algumas horas antes de um jantar em Brasília, da Unidade Potiguar com Wilma de Faria e Iberê Ferreira, João Maia me procurou no gabinete de Fábio (Fábio Faria, deputado federal), querendo já comunicar no jantar que ele iria me apoiar para governador. Eu disse: “Vamos ter calma, pensar um pouco mais, ouvir nossas bases”. Fui eu quem pediu calma a João Maia. E naquele momento (após os dois meses com os gêmeos internados no hospital), eu fui a ele (João Maia) e perguntei se estava de pé (a candidatura). Ele confirmou que estava de pé, mas vazou e o governo passou a procurar João Maia com uma série de cafés da manhã, almoços e jantares em Brasília. E João Maia refluiu de topar uma parada de via independente. Veja que João Maia era quem mais me incentivava a romper com o governo. Eu segurava João Maia. Ele (João Maia) dizia que não queria ficar no governo, que esse era um governo desgastado, que não tinha nenhuma simpatia pelo projeto do candidato apoiado por Wilma. Eu dizia para termos calma, porque poderia mudar. E isso (de João Maia começar a aproximação de Iberê Ferreira) me causou estranheza. João Maia, que nunca simpatizou com a dobradinha Wilma e Iberê, de repente se entendeu com eles. Não quero julgar as razões que o levaram a tomar essa decisão, mas me causou estranheza. Não posso ser líder para pensar só em mim. Não foi medo, não foi receio, não foi insegurança que me impediram de continuar candidato. Só que tenho que ter responsabilidade, tenho um grupo de deputados que precisam renovar o mandato. E outros (candidatos) que sonham em se eleger deputado ao meu lado. Em um voo solitário (para o governo), eu poderia prejudicar esses deputados. E aí pensei no coletivo. Não sou candidato de mim, sou candidato de um grupo, que tinha comigo um projeto político. Na parte do capital político, comprovei leveza, liderei a pesquisa o tempo inteiro entre os quatro nomes da base do governo. Mas, infelizmente, não consegui agregar apoio. Micarla não topou me apoiar, o PMDB não topou me apoiar e João Maia por último não aceitou. O que me restou foi reavaliar qual seria a melhor opção para mim.

Sua candidatura hoje a vice-governador de Rosalba Ciarlini é irreversível?
É irreversível. Minha candidatura a vice de Rosalba é irreversível. Digo isso com tranquilidade, porque não lutei para ser vice-governador. Trabalhei para ser governador, mas o destino não quis que eu fosse candidato a governador. Fui subestimado, desacreditado no meu sistema, minha lealdade não foi colocada na mesa da governadora. Wilma não foi uma líder. Líder é quem tem posição de isenção e não escolhe candidato por conveniência privada. Faltou ela ser uma magistrada. Ela perdeu a essência de líder quando foi pequena ao colocar um candidato debaixo do braço e mostrar sua força contra três colaboradores que foram fundamentais para ela ser governadora do Estado. Vou ser vice porque fui expulso (da base da governadora). Poderia barganhar mil coisas, não estou fazendo isso. Estou tomando uma decisão por convicção, não é por vingança, é por convicção. Eu sou um político que tem percepção e tradição de ouvir o sentimento das pessoas. O sentimento do meu povo, que me deu seis mandatos, todo é favorável a eu ter entendimento com a senadora Rosalba Ciarlini.

O senhor já fechou a chapa para o Senado?
Não sou cobra de duas cabeças. Sou contra esse tipo de comportamento. Se estou no palanque, estou na plenitude. Votarei e recomendarei votar na chapa fechada: Rosalba, Robinson, Garibaldi e José Agripino. Sou contra a dubiedade. Se o governo não me quis e eu fui valorizado por esse grupo que entendeu que meu apoio é fundamental, estarei apoiando a chapa total. Lógico que não sou dono de ninguém. Não sou dono das pessoas, mas minha recomendação é votar na chapa que eu faço parte. O Rio Grande do Norte tem que sepultar o político cobra de duas cabeças.

‘Houve orquestração maquiavélica’

O que o levou a escolher ser vice de Rosalba ao invés de de Iberê Ferreira, cargo que também foi oferecido?
Eu me sinto hoje uma pessoa com a consciência 100% tranquila. Não me sinto devedor deste governo. Vão querer passar para opinião pública que eu devo obediência, satisfação ou gratidão ao governo atual. O meu pensamento, com sinceridade, é que sou credor do atual governo. Em 2006, quando Garibaldi Filho estava 39 pontos na frente de Wilma, fui convidado para ser vice de Garibaldi. Foram seis convites, um em cima do outro, para eu aceitar ser vice de Garibaldi. Com todos esses convites, era proposta tentadora. Eu tinha um grupo de 30 prefeitos, cinco ou seis deputados estaduais. Fiz um trabalho de convencimento com eles para ficar com Wilma. Fiquei com ela por questão de coerência, para não manchar minha biografia. Fui leal, mantive minha coerência. Quando fui comunicar que iria ficar com ela (Wilma de Faria), estava na sala, eu, ela e Vagner Araújo. Ela ficou muito emocionada. Wilma estava sendo ameaçada por um comboio de adesões a Garibaldi. Estava quase uma sangria desatada contra a candidatura de Wilma. Ela precisava de um fato forte para retomar a candidatura e esse fato era minha adesão. Não cobrei, mas naquele momento ela disse que com o meu gesto eu me credenciava para ser candidato a governador. A partir daí sonhei e acreditei. Mesmo depois da vitória, ela me incentivou, me orientou. Os wilmistas passaram a me enxergar como sucessor dela. Em 2006, a diferença de Wilma para Garibaldi foi de 74 mil votos. Os deputados do PMN juntos tiveram 250 mil votos. Contra números não há argumentos. O nome de Iberê Ferreira foi uma sugestão minha para ser o vice dela. Ela (Wilma de Faria) não queria Iberê. Lembro-me que quando sugeri Iberê ela resistiu. Iberê estava desmotivado para ser candidato a deputado federal, portanto, não foi demonstração de heroísmo ele aceitar o convite de Wilma. Ele aceitou porque não queria mais ser deputado federal, admitia até ser candidato a deputado estadual.

Wilma de Faria quebrou compromisso?
Quebrou. Com Rogério Marinho (que tentou ser candidato a prefeito de Natal pelo PSB), ela teve uma saída (para justificar que ele não seria candidato), porque Rogério não viabilizou o nome, nunca passou de 8%. Comigo foi diferente, mesmo o governo trabalhando para um único candidato, o tempo inteiro liderei as pesquisas. Não tem mais a desculpa de que eu era pesado, de que era um fardo ou não havia viabilizado. Comprovei, demonstrei leveza. Em uma pesquisa da Vox Populi, o único nome com chance de enfrentar Rosalba era o meu. Ela quebrou compromisso quando tinha um candidato que foi crucial na sua vitória, leal em todos os momentos do governo e, por conveniência, ela optou por seu vice-governador. O mais grave de tudo isso foi o comportamento, a imprensa é testemunha. Todos os sinais do governo foram para fortalecer o candidato Iberê. Foram tentando me esvair para que eu me tornasse candidato fraco e aceitasse de forma submissa apoiar Iberê Ferreira. Foi montada uma trama, ela (Wilma de Faria) colaborou com essa trama, que saiu do laboratório do vice-governador. O que Iberê tentou fazer o tempo todo foi me expulsar. Em alguns momentos pensei em largar o governo mais cedo e Wilma ponderava comigo. Em crise minha com Wilma, Iberê sempre colocava mais fogo, instigava mais ainda. Outro dia ele disse que havia votado no meu filho. Fábio teve 200 mil votos, mas o apoio dele a Fábio arredondou 19 mil votos. Iberê esquece que ele hoje é vice-governador porque eu não fui ser vice de Garibaldi. Foi o PMN que deu vitória a Wilma. Iberê tem que agradecer a mim.

O senhor se sente traído pela governadora?
Não gosto de citar a palavra traição, ela é muito forte. Eu me sinto injustiçado. Acho que houve um gesto muito forte de ingratidão. Houve traição? Deixo que a opinião pública faça o julgamento.

Rompido com a governadora. E os espaços que o senhor indicou na administração?
Esses espaços são dela. Esses cargos são dela a vida toda. Na hora em que eu não quis indicar o novo diretor do DER ficou claro para ela e para opinião pública que eu não queria mais participar do governo dela. Para demitir Jáder Torres ela não combinou comigo. Ele foi demitido por uma mensagem de telefone. Se ela não combinou para demitir Jáder também não precisa combinar para demitir os demais. Se não demitiu talvez seja por alguma conveniência dela, não minha. Não pedi que ela mantivesse ninguém.

O senhor espera que essas pessoas entreguem os cargos?
Eu disse ao presidente da Caern (Walter Gazzi) que ele ficasse à vontade. Ele me disse que Wilma estava satisfeita com o trabalho, que era técnico e não político. Os cargos que ela têm são todos dela. Agora, é importante dizer que os cargos que eu tinha no governo são compatíveis com o que eu fiz pela sua vitória (de Wilma de Faria). Têm gente que está com cargo no governo, mas não votou em Wilma. Isso poderia ser colocado em questão. Hoje tem gente com espaço no governo maior do que meu grupo. Por que tanta cobrança dos cargos de Robinson? Eu estava na coalizão porque ajudei ela a se eleger. Na segunda-feira à noite, para entrar no segundo turno, encontrei três pessoas com ela, além de mim para começar a campanha. Eu, Fábio Faria, Rogério Marinho e Márcia Maia. Ela estava totalmente só no segundo turno. Outros nomes só chegaram para apoiar Wilma quando as pesquisas deram indicação para vitória.

Desses quatro nomes que o senhor citou que estavam na casa da governadora no início do segundo turno, só permanece com a governadora a filha dela, deputada Márcia.
Exatamente. É até estranho, mas é verdade. Acho que faltou isenção da governadora. Ela tem cultura de mulher de coragem, que gosta do enfrentamento, vem dando certo. Mas acho que se aproveitaram da cultura dela e ela foi muito envenenada para enfrentar Robinson Faria. Houve orquestração maquiavélica que desgastaram a minha relação com ela.

Sendo candidato a vice pela chapa de oposição, o senhor terá dificuldade para assumir um discurso crítico ao governo que apoiou durante sete anos?
Esse governo eu só fiz ajudar. Eu ajudei a aprovar na Assembleia quatro ou cinco Coserns. Garibaldi foi tão criticado por venda de uma Cosern e com minha articulação como presidente da Casa eu aprovei, de crédito para governadora Wilma de Faria, mais de R$ 2 bilhões. Só nos últimos meses foram mais de R$ 500 milhões.

No PP que o senhor lidera, o presidente estadual (Pedro Augusto Lisboa) declarou apoiar Iberê?
O PP praticamente não mudou nada. A posição isolada é de Pepeu (Pedro Lisboa). O vice-prefeito de Natal, Paulinho Freire, e o presidente da Femurn, Benes Leocádio, são do PP e apoiam nosso projeto. Até fico triste com essa posição de Pepeu porque é um amigo, quase irmão. Espero que ele faça uma reflexão e escute o sentimento do povo de Passa e Fica. Tenho esperança de que Pepeu irá rever esse posicionamento.

No final desse governo e no governo de Iberê as dificuldades poderão ser maiores na Assembleia?
Nunca partidarizei a presidência da Assembleia e não farei isso agora por revanchismo. Se for projeto importante para o Estado, serei o primeiro a ajudar a aprovar. Vou terminar o meu mandato com dignidade e não usar o meu cargo para ter benefício político eleitoral.

Fonte: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/robinson-faria-minha-candidatura-a-vice-de-rosalba-ciarlini-e-irreversivel/139203

Sistema de inscrição em universidade usando nota do Enem já foi normalizado

Alunos têm até o dia 03/02 para fazer as inscrições.

O Ministério da Educação chegou a receber mais de 13 mil reclamações. Neste sábado (30), o sistema foi normalizado e os estudantes já podem fazer a inscrição sem problemas.


Fonte: http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1469954-17665-308,00.html

Terremoto de 5,2 graus deixa um morto e 11 feridos na China

Tremor atingiu província de Sichuan às 19h36 do sábado (30).
Centenas de casas foram destruídas.

Uma pessoa morreu, 11 ficaram feridas e cem casas foram destruídas por causa de um terremoto de 5,2 graus de magnitude na escala Richter que atingiu a província de Sichuan, no Sudoeste da China, no sábado (30). A informação é da rede sismológica nacional da China, divulgou a agência “Xinhua”.

O epicentro do tremor foi registrado às 5h36 deste domingo (31) no horário local - 19h36 de sábado (30) no horário de Brasília. Os abalos aconteceram entre a cidade de Suining, em Sichuan, e o distrito de Tongnan, em Chongqing, a 30,3 graus de latitude norte e 105,7 graus de longitude leste.

O Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA informou que o tremor foi localizado a 18,6 quilômetros de profundidade, com magnitude 5,2.


Segundo a Administração de Terremotos de Sichuan, mais de 30 sismólogos e funcionários trabalham na região afetada.


A província de Sichuan sofre pequenos terremotos desde o dia 12 de maio de 2008, quando um tremor de magnitude 8 assolou a região e deixou cerca de 90 mil mortos e desaparecidos, além de milhões de desabrigados.


Fonte: Do G1, com agências internacionais

Presidente do TRE suspende julgamento que pede cassação de Maurício

O julgamento do processo que pedia a cassação do mandato do prefeito Maurício Marques e do vice Epifânio Bezerra foi suspenso quando cinco juízes já haviam votado. A decisão de suspender a sessão foi tomada pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), desembargador Expedito Ferreira. O placar estava 3 votos favoráveis à cassação e 2 contra. O processo em questão é referente a um pedido feito pelo Ministério Público Federal. Maurício e Epifânio são acusados de cometer irregularidades durante o período eleitoral em 2008.

O motivo da suspensão do julgamento foi a ausência do juiz Cláudio Santos, que deixou o plenário no meio do julgamento, alegando questões familiares. A próxima sessão está marcada para quinta-feira, 4 de fevereiro.

Votaram a favor da cassação e realização de novas eleições em Parnamirim, os juízes Marco Bruno, que é o relator do processo, Roberto Guedes e Fábio Holanda. Já os juízes Aurino Vila e Zeneide Bezerra foram contra a cassação.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Mulheres chamam a polícia porque não gostaram de sexo e são presas

Elas foram acusadas de apresentar uma falsa denúncia de estupro.
Mas sexo foi consensual. Homem deu maço de cigarros para mulheres.

Do G1, em São Paulo

Duas mulheres foram presas em Telford, no estado do Tennessee (EUA), acusadas de apresentar uma falsa denúncia de estupro. Após admitirem que o sexo foi consensual, elas alegaram que ligaram para polícia porque não gostaram do ato sexual.


De acordo com o a reportagem do jornal "Times News", Jessica Kathleen Alexander, de 18 anos, e Tammy Nicole Ortego, de 29, haviam dito que tinham sido estupradas por dois homens, quando saíram de dentro de casa para verificar por que os cães estavam latindo.

Mais tarde, no entanto, as mulheres confessaram que a história era falsa. Elas teriam admitido que encontraram um homem e, depois, fizeram sexo com ele. Em troca, de acordo com a polícia, o homem deu um maço de cigarros para Jessica e Tammy.

As duas mulheres foram detidas acusadas de apresentar uma denúncia falsa. Tammy foi levada para a cadeia do Condado de Washington com uma fiança de US$ 10 mil, enquanto a fiança de Jessica foi fixada em US$ 5 mil pela Justiça.

SOBINHO DO DEPUTADO VIVALDO COSTA SOFRE SEQUESTRO RELAMPAGO

O funcionário da justiça federal e sobrinho do deputado estadual Vivaldo Costa, Wedson Bezerra da Costa Uchoa, de 29 anos, foi seqüestrado na tarde de hoje em sua residência, na Rua Camilo Calazans, no bairro Bairro Mainard e Filhos, em Caicó, região Seridó do estado.

De acordo com o blog do jornalista F.Gomes, Wedson foi surpreendido pelos bandidos por volta das 15h, quando chegava em casa com sua esposa e os dois filhos. O sobrinho do deputado percebeu algo estranho ao notar que a porta da residência estava aberta.

Ainda segundo o jornalista, ao entrarem na casa depararam-se com um homem de aproximadamente 40 anos e um adolescente que estavam roubando. Os ladrões, portando facas, trancaram a esposa e os dois filhos do servidor público num quarto e em seguida levaram-o como refém, obrigando-o a dirigir o seu próprio carro tipo Siena.

A mulher conseguiu avisar a polícia, que empreendeu diligências. Os ladrões fugiram com a vítima na BR-427 em direção a Jardim do Seridó. Na cidade vizinha, os ladrões mandaram que Wedson parasse num posto de combustível e pagaram 20 reais para abastecer. Logo depois de saírem da cidade, os ladrões mandaram que a vítima parasse o carro e em seguida fugiram, mandando que ele fosse embora.

O sobrinho do deputado somente chegou em casa por volta das 17h, dirigindo seu automóvel. Os ladrões ainda levaram algumas jóias, R$ 100 reais em dinheiro e um aparelho de telefone celular. Wedson é filho da irmã do parlamentar, Salete Costa.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR com Blog de F.Gomes

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

VEM AI CARNAVAL DE ACARI 2010 /PROGRAMAÇÃO‏

A programação será a seguinte
Dia 11/02 e 12/02 torneio dos blocos no Ginásio de Esportes Jorácio Mamede Galvão, organização Laércio;
Dia 13/02 a partir das 17 horas na Praça Thásia Luana Trio Paradaise de C. dos Dantas, no Municipal Clube 22 hora, as bandas Ferro Nela e Banda Detona;
Dia 14/02 - 16 horas -1ª Matinê com portões abertos para as crianças e seus pais e a noite Canidé Moreno e Forró Penerado Elétrico;
Dia 15/02 às 22 horas- Daniel, banda e Metais e Marquinhos Carreira e Banda Sakunlejo Dia 16/02 - 16 horas - 2ª Matinê com portões abertos para as crianças e seus acompanhantes; as 20 horas Trio Paradaise pelas principais ruas de Acari com concentração na Praça Thásia Luana e a noite no Municipal clube a partir das 22 horas as bandas Pega Nela e Aryaxé

Lembrando que todos as noites os portões serão aberto, teremos reforço policial, equipe de seguranças particulares, banheiros químicos, ponto de apoio da Saúde, com distribuição de preservativos, atendimentos de urgência, além da ambulância de plantão.
A cidade de Acari entrará no clima carnavalesco a partir de segunda-feira, com as ruas ornamentadas.

TERÇO DAS FÉRIAS SEM DESCONTO DO INSS‏


Muda a regra de desconto do INSS nas férias

O Superior Tribunal de Justiça mudou a regra de desconto do INSS nas férias pagas ao trabalhador. O desconto de 11% sobre o adicional tem que ser devolvido.

Seu Daniel comemora o reforço inesperado no orçamento. Ele entrou na justiça e vai receber todas as parcelas dos últimos dez anos.

“Com certeza ajuda no orçamento, nas dividas que nós fizemos. Essa devolução será bem vinda, é um direito que o trabalhador tem”, diz ele.

É preciso entrar com uma ação pedindo a devolução dos valores. Para isso, é importante ter os contracheques dos últimos dez anos ou apresentar as fichas financeiras da empresa que comprovem o desconto da contribuição.

A decisão vale para os servidores públicos, mas os trabalhadores de empresas privadas também podem se beneficiar. Só que nesse caso, é bom ficar atento, porque deixar de recolher a contribuição previdenciária pode acabar em desvantagem.

“Se ele entrar com essa ação de repetição de indébito, a cada 12 meses, ele perde um mês, porque normalmente essa contribuição previdenciária entra no tempo de serviço dele, então se ele entrar pedindo para que não pague e pedindo também essas contribuições de volta, ele ao invés de ter 12 meses a cada ano ele vai ter apenas 11 meses de contribuição”, afirma Paulo Perazzo, advogado.

O mesmo princípio vale para o desconto do Imposto de Renda sobre as férias vendidas. “A pessoa pode entrar na mesma ação judicial, requerendo que não haja incidência da contribuição previdenciária e do imposto de renda. Basta uma ação para que o juiz declare que aquelas verbas são indenizatórias e não são passiveis nem de contribuição previdenciária, nem de imposto de renda”, diz o advogado.

TERÇO DAS FÉRIAS SEM DESCONTO DO INSS

Juliana Cavalcanti (julianacavalcanti.pe@dabr.com.br)

DIÁRIO DE NATAL/NATAL, 22 de janeiro de 20010.

Coluna Economia

Empresas e pessoas físicas já podem acionar o Judiciário para não recolherem mais e também recuperarem a cobrança previdenciária paga sobre o terço das férias. Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça(STJ) considerou ilegal a cobrança, ratificando decisões favoráveis que já vinham sendo dadas pelo Supremo Tribunal Federal(STF). A decisão do STJ considera a natureza do pagamento. Ao contrário da Receita Federal - que entende o terço das férias como remuneração – a Justiça vê o adicional com um perfil indenizatório e, por isso, isento do desconto.

“O STJ entendeu que não se poderia cobrar esse tributo sobre o terço de férias, uma vez que o valor não integra o cálculo da aposentadoria, já que o INSS não é calculado sobre o salário como um todo, mas sobre um percentual determinado pela legislação, chamado de salário de contribuição. Como o terço de férias não compõe esse salário, não irá integrar a futura aposentadoria do trabalhador”, explica o advogado tributarista Aristóteles Câmara, do escritório pernambucano Serur & Neuenschwander.

Para reaver o que foi pago nos últimos cinco anos e não mais recolher, é necessário entrar com uma ação judicial. “No caso de pessoas físicas, vale a pena se a causa for coletiva, feita através dos sindicatos. Já para as empresas, os valores que podem ser recuperados são significativos e muitas têm recorrido”, diz Câmara.

Numa das empresas representadas pelo advogado, por exemplo, com 800 funcionários, a economia por mês pode chegar a R$ 4 mil, ou R$ 48 mil em 12 meses. Se conseguir recuperar os valores retroativos, o total pode chegar a R$ 240 mil.

O prazo par ter a causa julgada pode demorar até cinco anos para pessoas jurídicas – na Justiça comum – e dois anos para pessoas físicas, que podem recorrer ao Juizado Especial Federal (no caso dos valores inferiores a 60 salários mínimos – R$ 30.600). Aristóteles Câmara ressalta que mesmo com a decisão do STJ, o desconto continuará sendo exigido pela Receita Federal, pois o mérito definitivo só é dado pelo STF. Quem quiser deixar de recolher também deve recorrer à Justiça em busca de uma liminar.

Fonte: Sérgio Enilton

Acari/RN

O presidente da APB, de Bodó/RN Convida

O presidente da APB, Associação de Pescadores de Bodó-RN, está convidando a todos os Bodoenses para a uma reunião neste dia 13/02/2010, as 16hs na Câmara Municipal
Onde será formada a diretoria da Colônia de Pescadores do nosso município, logo após será servido um coquetel, na oportunidade teremos a presença das autoridades locais e da Cidade de Santana do Matos-RN, contamos com você.

Agradece: Manoel Pereira Tavares ( Neto Catarino)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PMDB antecipa convenção

A Comissão Executiva Nacional do PMDB aprovou ontem em Brasília, por unanimidade, a convocação de uma convenção nacional no dia 6 de fevereiro para eleger a nova direção partidária. Já há um consenso em torno da reeleição do deputado Michel Temer (SP) para a presidência do partido. Ontem, Temer recebeu a solidariedade dos 11 representantes da Executiva presentes à reunião. O deputado Darcísio Perondi (RS) aproveitou a reunião para protestar contra “uma ação orquestrada de líderes poderosos do PT” contra a escolha de Temer para ser candidato a vice-presidente da República na chapa da ministra petista Dilma Rousseff (Casa Civil).

Rodolfo StuckertDirigentes e liderança do PMDB confirmam data da convençãoDirigentes e liderança do PMDB confirmam data da convenção
Em seguida, o senador Gerson Camata (ES) propôs que constasse em ata uma declaração de solidariedade ao presidente do partido. O líder do partido na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse que só deverá ser apresentada uma chapa na convenção: “Nossa chapa é a da unidade, com Michel Temer na presidência.”

Cotado para a vaga de vice, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse ontem que os peemedebistas têm deixado claro, nas reuniões com o PT, que o PMDB está “muito decidido” em torno do nome de Michel Temer. “Nós todos o apoiamos com muito entusiasmo, porque achamos que ele representa muito bem o nosso partido e esperamos que ele possa vir a formar chapa com a ministra Dilma”, disse Costa.

Dificuldades

O ministro relatou que o PMDB e o PT, em reunião realizada ontem, em Brasília, conversaram principalmente sobre a disputa nos Estados de Minas Gerais, Bahia e Ceará, nos quais, segundo o ministro, ainda há dificuldades na composição das alianças.

Em relação especificamente a Minas Gerais, Costa disse que ficou muito claro, na reunião com o PT, que não há dois palanques nesse Estado: “Lá, ainda vivemos um pouco da história entre PSD e UDN. Quem sobe no palanque do PSD não sobe no palanque da UDN. Então, não tem jeito. Lá, só tem um palanque”, afirmou o ministro, que participou da cerimônia de posse do novo conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Jarbas Valente.

Costa disse que, na reunião de ontem, o PMDB propôs ao PT que, na primeira semana de março, seja feita uma série de avaliações em Minas Gerais, com base em pesquisas de opinião pública, para identificar o candidato mais bem posicionado. “O que melhor represente nossa união, nossa aliança para disputar o governo. Será o candidato de todos nós - do PMDB e do PT.”

Fonte: Tribuna do Norte

MEC divulga resultados do Enem


O Ministério da Educação (MEC) divulgou na noite desta quarta-feira (27), em seu site, os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Confira aqui.

A divulgação, que estava prevista para a manhã desta quinta, foi antecipada pela instituição.


A partir desta sexta (29), os estudantes já poderão escolher o curso que querem fazer em uma das 51 instituições participantes do Sistema Unificado de Seleção (SiSU). O site já está no ar a partir da manhã desta quarta-feira (27), mas a seleção só poderá ser feita a partir das 6h de sexta. São 47,9 mil vagas disponíveis.

Sistema

A seleção será dividida em três etapas. Na primeira, que vai do dia 29 de janeiro a 3 de fevereiro, o aluno pode escolher o curso que quer fazer. A cada dia, a partir do dia 30, o estudante vai saber qual a nota de corte do curso que escolheu. Por exemplo: no dia 29, ele se inscreve para o curso de Engenharia na universidade A. Na madrugada de sexta para sábado, o sistema faz um processamento e, de acordo com as notas de quem se inscreveu, gera uma nota de corte no sábado.

As notas são ponderadas de acordo com o que a instituição quer –um curso de medicina, por exemplo, pode dar mais importância à nota de matemática do que à nota de português. Esse é um dos motivos pelos quais a nota de corte é mutável.
A partir das 6h do sábado, este aluno poderá ver a nota e avaliar se tem chances ou não de entrar no curso. De posse dessa informação, ele pode escolher outro curso e/ou outra instituição. Novamente, do sábado para o domingo, o sistema refaz o processamento e gera uma nova nota de corte de acordo com as inscrições acumuladas deste sexta-feira.

Este processo termina no dia 3 de fevereiro. Somente a partir daí o sistema gera a lista de alunos selecionados e as instituições se encarregam de fazer sua seleção. No dia 15 de fevereiro, o MEC reabre nova seleção, da mesma forma, com as vagas remanescentes. Essa nova etapa continua até o dia 20, quando será gerada uma nova lista de selecionados. Uma terceira etapa semelhante está prevista entre os dias 1º e 3 de março, com resultado no dia 5.

Fonte: Do G1, em São Paulo

Lula recebe alta após crise de hipertensão

Presidente passou a noite internado no Recife.
Agenda foi cancelada, e Lula deve descansar em São Bernardo (SP).

Fonte: Do G1, em Brasíla, São Paulo e Rio

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu alta, na manhã desta quinta-feira (28), após passar a noite no Hospital Português, no Recife. De acordo com Cléber Ferreira, médico que acompanha o presidente na viagem, Lula passou mal na noite de quarta por conta de uma crise hipertensiva, com a pressão atingindo 18 por 12.

Segundo a assessoria Presidência, Lula vai para São Bernardo do Campo (SP) e deve permanecer lá durante o fim de semana. Todos os compromissos oficiais para o período estão cancelados, incluindo a participação no Fórum Econômico de Davos (onde será representado pelo presidente do Banco Central, Henrique Meirelles) e na etapa de Salvador do Fórum Social Mundial. A agenda deve ser retomada na segunda-feira (1º).

Lula realizou exames no início da madrugada e, por volta das 3h, já descansava e tinha a pressão normalizada.Em princípio, segundo a assessoria, o presidente não deve passar por novos exames médicos em São Paulo.


Durante a quarta-feira, Lula participou de eventos ao lado da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidencia. Em um dos eventos, a inauguração de uma unidade médica, fazia muito calor, de acordo com relatos da imprensa de Recife.

À noite, Lula foi a um jantar com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas.

A assessoria do presidente informou que Lula cumpriu agenda no Recife “cansado e indisposto”. Ao deixar o jantar com o governador Eduardo Campos, ele continuava indisposto.

Segundo a assessoria informou ao G1, Lula estava dentro da aeronave quando o médico detectou o quadro de crise hipertensiva.

O médico aconselhou, então, Lula a ir ao Hospital Português e fazer uma bateria de exames. Ele passou por um eletrocardiogama, um raio-x no tórax, uma tomografia de tórax, um ecocardiograma e exames de sangue. Segundo a assessoria, todos os resultados não apontaram qualquer problema adicional, a não ser a pressão alta.

Os assessores informaram ainda que Lula foi medicado com diuréticos e sua pressão já estava normalizada em 13 por 8 por volta das 3h.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

BODÓ FOI BENEFICIADO COM O PROGRAMA CAMPO MAIS FORTE



Através de convenio com a Emater/Programa Campo mais Forte, a prefeitura de Bodó, recebeu da governadora do Estado em solenidade que ocorreu na sexta-feira (22), no Olimpo Recepções. O veiculo é um prisma O km, e ficará a disposição da Secretaria Municipal de Agricultura e da EMATER para ações da área agrícola e das associações rurais.O projeto “Campo Mais Forte”, além de prestar assistência técnica e extensão rural voltada para a produção agropecuária, pretende desenvolver ações de combate à pobreza, ao analfabetismo, à mortalidade infantil, à exclusão digital e garantir a segurança alimentar e nutricional da população.

Na foto: Secretário de Agricultora
Adriano Albuquerque

Casa feita com garrafas plásticas é aberta a visitação em Espírito Santo

O inventor Antonio Duarte Gomes irá abrir hoje à noite, no município de Espírito Santo, a sua “casa ecológica”, feita com garrafas plásticas no lugar de tijolos, para a visitação ao público. A casa ficará aberta durante a Festa da Padroeira (Nossa Senhora da Piedade), que vai da noite de hoje (27) até o próximo domingo.

A “casa ecológica” alia baixo custo e benefícios ao meio ambiente. “Com esse projeto, que já está patenteado, é possível construir casas a um custo baixo e retirar as garrafas pet do meio ambiente”, explica Antonio Duarte. As garrafas são utilizadas nas paredes, como sustentação para o concreto. Testes mostraram que o material é ainda mais resistente que os tijolos utilizados convencionalmente.

Para entrar em contato com o inventor, o e-mail é duarte5480@uol.com.br.

Fonte: Tribuna do Norte

O PMDB de Garibaldi e o de Henrique

A "quebra de braço" entre os dois maiores líderes do PMDB do Rio Grande do Norte, o deputado federal Henrique Eduardo Alves e senador Garibaldi Alves Filho, levou o partido a optar por não se coligar, majoritariamente, com nenhum dos candidatos ao governo do estado. Em função disso, a legenda deixa de utilizar o espaço na propaganda eleitoral gratuita em televisão e rádio, mais precisamente oito minutos. Em anos anteriores, os dois parlamentares já haviam chegado às vésperas de eleições com opiniões diferentes, mas, no fim das contas, conseguiam chegar a um acordo. Pela primeira vez, no entanto, os dois já admitem que vão chegar ao pleito desalinhados.


Henrique é governo, Garibaldi é oposição: divergência tornou-se incontornável na escolha de candidato Foto: Fábio Cortez//DN/D.A Press
Em entrevista ao Diário de Natal, o senador Garibaldi disse que, no momento, o cenário continua de divisão e considerou pouco provável um entendimento político com o deputado Henrique até a data das eleições. "Ele (Henrique) disse que fará a pregação do meu nome para o Senado e do vice-governador Iberê Ferreira deSouza (PSB) para governo do estado. Mas sobre a gente se recompor - aliás, não é essa a palavra pois nós não estamos rompidos -, o quadro é esse, infelizmente", disse. O deputado Henrique confirmou que a divisão política permanece, mas parece menos radical e irredutível como antes, no que diz respeito à possibilidade de uma composição do PMDB com o DEM no RN. "Eu respeito a posição de Gaibaldi, mas não posso apoiar um candidato que faz oposição ao governo Lula. Nada de pessoal. Reconheço a afinidade dele com a senadora Rosalba Ciarlini (DEM) e não iria forçá-lo a fazer uma coligação com Iberê. Mas ele está apoiando um grupo que faz uma oposição radical ao governo federal e eu não posso subir nesse palanque onde estarão combatendo o trabalho do presidente", disse.

Os dois peemedebistas concordam, porém, sobre a possibilidade de estarem no mesmo palanque em alguns momentos da campanha. O senador disse que é provável que isso aconteça em alguns municípios e o deputado Henrique confirmou a hipótese. "Não fazemoscampanha separados, aliás nem sei como é fazer isso. Minha relação com Garibaldi é de muito respeito. Não há conflito. Minha prioridade é a eleição dele para o Senado. Apenas discordamos nas eleições para governador", garantiu, referindo-se ao principal cargo em jogo neste ano. No que se refere ao segundo voto para senador, Garibaldi e Henrique voltam a ter opiniões contrárias. "Naturalmente serei levado a recomendar o nome de José Agripino (DEM) para o segundo voto do Senado. Claro que estando num palanque com ele e Rosalba eu não poderia pedir que votassem num outro nome", disse o senador. Já Henrique defenderá o nome da governadora Wilma de Faria (PSB) para a vaga.

Sobre o posicionamento dos diretórios municipais, Garibaldi disse que ainda não foi feito nenhum levantamento sobre como se comportarão diante da divisão do partido. Já Henrique disse que vai tentar atrair os prefeitos do interior para a base do governo de Lula. "Vou vender meu peixe", declarou o deputado. No que se refere ao apoio dos peemedebistas na Câmara Municipal e na Assembleia Legislativa, Gabribaldi disse saber de algumas opiniões, mas em função do partido não ter candidatura própria, eles poderão optar pelo candidato que quiserem.

Fonte: Diario de Natal

Muito Importante - Diferença de juros do FGTS deverá ser paga pela CEF‏


A CEF depositará crédito referente à diferença no pagamento de juros de correção do FGTS, para quem era registrado no período de 1971 a 1977.
Avisem a todos (pais, irmãos, sogros, tios, amigos) que puderem, extensivo aos que faleceram, pois os herdeiros terão direito a sacar o crédito.
Vejam o documento (em anexo) que explica como será isso.

FGTS

Quarta-feira, 28/10/2009 - 10h33m

ECONOMIA - R$ 713 milhões para 63 mil aposentados

Caixa pagará dívida com pessoas que estavam empregadas há 40 anos. Débito refere-se a juros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

Vânia Cristino

Os trabalhadores com contratos de trabalho antigos, assinados entre 1967 e 1971, vão poder receber a diferença de juros devida pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço sem precisar entrar na justiça. Decisão nesse sentido foi aprovada ontem pelo Conselho Curador do FGTS. Segundo os dados apresentados pela Caixa Econômica Federal, existem hoje tramitando na justiça 63 mil ações desses trabalhadores, muitos deles já aposentados..

Eles pleiteiam a diferença de juros dos atuais 3%, que são creditados anualmente às contas, para 4%, 5% ou 6%, como era previsto na lei então em vigor. Para fazer o pagamento dessa diferença, a Caixa já separou R$ 713 milhões. Segundo o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, "a Caixa já vinha perdendo, sistematicamente, todas as ações na justiça. Não fizemos nada mais do que agilizar os pagamentos", disse. A Caixa já pagou 41.900 ações.

Os juros progressivos do FGTS, de 3% a 6% ao ano, foram instituídos pela Lei 5..107, de 13 de setembro de 1966. Naquela época os trabalhadores podiam optar pelo FGTS. Os juros de 3% eram devidos durante os dois primeiros anos de permanência na mesma empresa. Do terceiro ao quinto ano de permanência na mesma empresa os juros subiam para 4%, passando para 5% entre o sexto e o décimo ano de permanência no mesmo emprego. A partir do 11° ano, os juros subiam para 6%.

Em 1971, a Lei 5.705 extinguiu as taxas progressivas de juros do FGTS, estabelecendo que a capitalização dos juros devidos às contas vinculadas dos trabalhadores seria de 3% ao ano. Foi preservado, no entanto, o direito à progressividade da taxa prevista na lei original para os trabalhadores já optantes do FGTS. Todos os trabalhadores admitidos após a lei ou que viessem a optar pelo regime do FGTS após 1971 teriam direito a essa única taxa.

O que motivou a enxurrada de ações judiciais e agora a decisão do Conselho, em benefício dos trabalhadores, foi justamente o não pagamento das taxas progressivas para os trabalhadores que fizeram a opção retroativa pelo FGTS, o que também era permitido por lei. Só a partir de 1988 é que o FGTS deixou de ser uma opção dos trabalhadores, passando a ser um benefício para todos os empregados celetistas, com carteira assinada.

Portanto têm direito a uma diferença de até 3% de juros por ano os trabalhadores que optaram pelo FGTS após 1971, mas que já nessa época trabalhavam na mesma empresa por pelo menos três anos. Quem permaneceu na mesma empresa por mais de 11 anos tem direito a receber a maior taxa por todo o período trabalhado.

O que fazer:

Requisitos para receber a diferença de taxa de juros do FGTS

1- Contrato de trabalho firmado até 22 de setembro de 1971.
2- O trabalhador deve ter permanecido no mesmo emprego por, pelo menos, três anos.

Como receber:

A Caixa Econômica Federal vai regulamentar o pagamento da dívida do FGTS dentro de 60 a 90 dias.
Para os trabalhadores que estão na Justiça, a Caixa vai propor um acordo.
Para os trabalhadores que não recorreram ao Judiciário vai ser possível, após regulamentação, receber a diferença de juros por meio administrativo.
A Caixa vai exigir comprovação do período trabalhado na mesma empresa. Deverá ser assinado um termo de quitação dos juros entre as partes.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mais um 'homem' vai dar à luz nos Estados Unidos


Aconteceu de novo. Mais um "homem" dará à luz no Estados Unidos. Scott Moore - o segundo caso conhecido - está "grávido", segundo o jornal "Daily Mail". O transexual será submetido a trabalho de parto em fevereiro. Ele e o companheiro Thomas, que também nasceu mulher -, já escolheram o nome do menino, concebido sob inseminação artificial: Miles.

Os dois são legalmente casados porque Scott, de 30 anos, manteve o "sexo feminino" na certidão de nascimento.

"Eu sei que muitas pessoas vão nos criticar, mas estou imensamente feliz e sem qualquer vergonha", disse Scott, segundo o "Daily Mail".

O casal transex da Califórnia já tem dois filhos - um de 12 anos e outro de 10 -, gerados artificialmente no útero da antiga companheira de Thomas, que já faleceu.

Scott, que nasceu Jessica, disse que desde os 11 anos percebera que gostaria de ser um homem. Os pais pagaram o equivalente a 13 mil reais para que os seios da filha/filho fossem removidos.

Thomas, que já foi Laura, fez cirurgia para mudança de sexo no ano passado, quando removeu o útero.

O primeiro caso conhecido de "homem" dar à luz foi o de Thomas Beatie, do estado do Oregon, que causou grande polêmica. A filha Susan nasceu em julho de 2008.

Recapitulando: Duas mulheres se tornaram "homens" e formam um casal. Um deles está "grávido". Entendido?

Carnaval de Cerro Corá 2010



SÁBADO 13/02 a partir das 21:00h.
MARQUINHOS CARREIRA
FORRÓ PENERADO ELETRICO

DOMINGO 14/02 a partir das 21:00h.
MAX E BANDA ESTRELA
PEGA NA BONECA ELETRICO

SEGUNDA - FEIRA 15/02 a partir das 21:00h.
BANDA DETTONA
FORRÓ PENERADO ELETRICO

TERÇA-FEIRA 16/02 a partir das 21:00h.
BANDA MIX
FERRO NELA

Concursos a vista.‏



Veja concursos a vista.
Na cidade de Caicó, BNB, Petrobras E IFRN.
Inscrições abertas para Concurso Público da Prefeitura de Caicó
Foi aberta nesta segunda (25) o período de inscrições para o concurso público da Prefeitura de Caicó. Na oportunidade, serão oferecidas 800 vagas. O concurso será feito pela Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (FUNCERN).. As inscrições serão realizadas de 25 de janeiro a 05 de fevereiro, via internet, pelo site www.funcern.br, ou presencialmente, no Campus de Caicó do IFRN (RN-118, bairro Nova Caicó).
Os cartões de inscrições dos candidatos estarão disponíveis no site www.funcern.br de 22 de fevereiro a 06 de março, e as provas objetivas serão aplicadas no dia 07 de março, em Caicó. O resultado final do concurso deverá ser divulgado na data provável de 19 de março. O prazo de validade do certame é de dois anos, contados da data de publicação do Edital de Homologação do Resultado Final no Diário Oficial do Estado, podendo ser prorrogado por igual período BNB TEM CONCURSO

BNB abre concurso para cadastro de reserva

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB) abriu concurso para cadastro de reserva para os cargos de analista bancário, analista técnico e especialista técnico. As chances são para nível médio e superior. O salário inicial para analista bancário é de R$ 1.431. Para os demais, os vencimentos variam de R$ 1.894,76 a R$ 2.476,91 durante o contrato de experiência e de R$ 3.759,88 a R$ R$ 7.029,75 após o período (veja aqui o edital).

Sérgio Enilton

Acarí/RN

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

HWG irá receber somente os pacientes urgentes


O Hospital Walfredo Gurgel amanheceu ontem com um cenário incomum nos últimos anos. Os corredores, famosos pela quantidade de macas com pacientes internados, estavam vazios. O “milagre” é fruto de uma ação judicial, aberta há mais de 10 anos, provocada pelo Ministério Público e que obrigou a Secretaria Estadual de Saúde a retirar todos os pacientes que estavam nos corredores. O desafio agora é manter os corredores livres.Para conseguir continuar atendendo à decisão da Justiça, a Secretaria Estadual de Saúde e o Walfredo Gurgel irão fechar a porta para pacientes que não necessitem de atendimento de urgência e emergência, ou que estejam devidamente referenciados. Na teoria, o Hospital, que é referência para o atendimento de alta complexidade em urgência, já deveria fazer essa triagem através da classificação de risco. Mas na prática a triagem não funciona. “Iremos fazer com que se cumpra e o Hospital não mais recebe paciente que não deve ser atendido aqui”, diz o secretário estadual de Saúde, George Antunes, após uma reunião na manhã de ontem entre a Sesap, a direção do Walfredo, o Conselho de Medicina e o Ministério Público. Segundo o secretário-adjunto João Albérico, a deflagração da greve dos clínicos médicos, no último dia 15, serviu para mostrar o quanto a atual demanda da clínica está “superdimensionada”. “Com a greve, o Hospital passou a atender somente as urgências de fato e o número de pacientes atendidos caiu. Isso mostra que havia uma quantidade de pessoas que não deviam estar aqui. Mas estavam porque as portas estavam abertas”, conta. E complementa: “Queremos fixar uma data e cessar os atendimentos indevidos no Hospital”.

De acordo com cálculos do Walfredo Gurgel, no período anterior à greve, do dia 01 a 15 de janeiro, o Hospital teve 1.294 atendimentos na clínica, enquanto que no período de greve, até o último domingo, a contabilidade aponta 602 atendimentos. Com nove dias de greve, a diminuição é de 22%. Os números da estatística do HWG mostram outro dado importante. A Região Metropolitana de Natal é responsável pela esmagadora maioria dos atendimentos na clínica médica. Nos primeiros 15 dias do mês, foram 1.029 pacientes atendidos, do total de 1.294. Isso significa que 80,3% dos atendimentos do setor são de Natal e das cidades do seu entorno.

Por isso, o já conhecido problema da falta de estrutura na rede básica de saúde dos municípios volta à tona quando se pensa na situação do Walfredo, uma das poucas portas abertas à população. Para se ter uma ideia, ontem pela manhã, em Natal, segundo informações do Samu, haviam três pronto-atendimentos sem médico: Mãe Luiza, Guarapes e Pajuçara. Por tudo isso, a Sesap sabe que são necessárias outras providências, além de simplesmente não atender casos inapropriados para o porte do Hospital. “As medidas têm que ser suficientes. Iremos também fiscalizar dentro do próprio Walfredo para que os pacientes não fiquem dias esperando alta, como acontecia. A porta de saída do Hospital tem que ter o mesmo tamanho da porta de entrada”, diz George Antunes.

A efetividade das providências da Sesap será fiscalizada de perto, segundo o que promete a promotora da saúde, Iara Pinheiro. “Farei visitas e reuniões semanais para garantir que os corredores não voltem a ficar cheios de pacientes”, diz Iara, ressaltando que a “limpeza” dos corredores do Hospital já tinha acontecido anteriormente, contudo as macas acabaram voltando.

Primeiro dia já tem pacientes nos corredores

A reportagem da TRIBUNA DO NORTE percorreu os corredores do Walfredo Gurgel no “primeiro dia sem macas” e constatou que alguns pacientes em observação já se encontravam alojados nos corredores. De acordo com a promotora Iara Pinheiro, o pedido do MP, acatado pela Justiça, veda a existência de macas até mesmo para pacientes em observação. “Não fiz a visita ainda porque a reunião tomou toda a manhã, mas caso existam pacientes até mesmo em observação isso significa um descumprimento da decisão judicial”, diz Iara. A contabilidade desses pacientes é difícil de ser feita porque a rotatividade é muito grande. No momento em que a reportagem visitou o Hospital, haviam nove macas: sete no corredor esquerdo (ao lado do Politrauma), uma no corredor direito e uma última no corredor do quarto andar das enfermarias. A maioria dos pacientes (seis segundo informações da Assessoria de Imprensa do Walfredo Gurgel) era da especialidade de neurocirurgia.

Fonte: Tribuna do Norte

Bolsistas do ProUni vão poder estudar na Universidade de Salamanca, Espanha


Bolsistas do Programa Universidade para Todos (ProUni) poderão estudar na Universidade de Salamanca, na Espanha. O acordo que cria o programa de estudos superiores será assinado amanhã (26) entre a instituição e o Ministério da Educação (MEC).

Os estudantes vão ocupar vagas de graduação na universidade espanhola e receber auxílio financeiro para que possam permanecer naquele país até que se formem. Segundo o MEC, a seleção dos bolsistas seguirá os critérios atuais do ProUni. Ou seja, os alunos deverão ter cursado todo o ensino médio em escola pública e precisam ser de famílias de baixa renda.

O número de vagas e cursos oferecidos ainda não está definido. Uma comissão formada por representantes dos países será responsável pela regulamentação do programa. O acordo terá validade de quatro anos e faz parte do tratado geral de cooperação firmado entre Brasil e Espanha em 1992.

Fonte: Agência Brasil

UFRN divulga lista para preenchimento das vagas remanescentes


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte convoca a partir de hoje (25) os candidatos classificados no Vestibular 2010, para o preenchimento de vagas remanescentes e o remanejamento de períodos letivos.

Serão realizadas três chamadas: nos dias 25 e 28 de janeiro e dois de fevereiro, respeitando as condições estabelecidas no Edital. Os candidatos convocados deverão, no ato do cadastramento, apresentar os seguintes documentos: histórico escolar; carteira de identidade; Cadastro de Pessoa Física – CPF; documento que prove estar em dia com as obrigações militares, para candidatos do sexo masculino (para os documentos citados acima será necessário cópia legível e autenticada); certidão de quitação eleitoral e procuração particular, se for o caso.

O candidato deverá ficar atento, pois o cadastramento só será aceito nos prazos, horários e locais indicados no edital. A matrícula dos candidatos será realizada nas coordenações dos respectivos cursos, nos horários de expediente, nas seguintes datas: para o 1º período letivo, de três a nove de fevereiro, e para o 2º período letivo de 26 a 30 de julho.

Fonte: Tribuna do Norte

Pagamento mínimo do cartão é armadilha para consumidor


Agência Brasil - Quem costuma pagar o valor mínimo sugerido pela administradora de cartão de crédito, quase sempre em torno de 15% do valor total da fatura, entra numa dívida muito mais alta, pois o juro sobre o saldo devedor é de aproximadamente 13% ao mês. A informação é do economista da CBS Consultoria Financeira, Emerson Castello Branco Simenes.

Segundo ele, pagar o mínimo é o mesmo que cair numa armadilha. De acordo com seus cálculos, numa situação hipotética, uma pessoa com fatura de R$ 1 mil para pagar e sugestão pela administradora de parcela mínima de R$ 150 para pagamento, terá um saldo devedor de R$ 960,50 para o vencimento seguinte sobre a parcela que restou da fatura, de R$ 850.

Simenes calcula ainda que uma pessoa que quiser quitar uma dívida de R$ 1 mil pagando só os valores mínimos sugeridos, todos os meses, vai levar 30 anos e meio para terminar de pagar um montante de R$ 3,797 mil. Claro que a hipótese é absurda, admitiu o economista, já que ninguém aceitaria pagar as parcelas mínimas por tanto tempo. Mas ele advertiu para a importância de se quitar a fatura total. Pagar o mínimo do cartão é como enxugar gelo.
Taxa

De acordo com ele, a taxa de juros dos cartões de crédito é a mais extorsiva do mercado financeiro. Além disso, a administradora ganha também com o aluguel das máquinas e a anuidade cobrada sobre os cartões. Simenes acredita que pode haver uma redução nas taxas dos cartões já que a taxa básica de juros (Selic) caiu 36,36% em 2009, com redução de 13,75% para 8 75% ao ano.

O economista defendeu, ainda, uma intervenção do governo para que se permita uma maior concorrência. Segundo ele, o mercado de cartões, hoje, está centralizado em duas grandes administradoras Caso contrário, acrescenta, mais e mais titulares de cartões de crédito continuarão inadimplentes e com o nome no Serasa.

Para o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), Miguel de Oliveira, a pequena competição no mercado de cartões explica a indiferença das operadoras de cartões ao movimento de redução dos juros.

Fonte: Tribuna do Norte

domingo, 24 de janeiro de 2010

I Congresso Brasileiro de Educação Ambiental Aplicada e Gestão Territorial - 1° circular [3 Anexos]‏






I CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL APLICADA E GESTÃO TERRITORIAL



Local:

Universidade Federal do Ceará - UFC

Auditório do Departamento de Geografia

Campus do Pici - Fortaleza, Ceará

Período: 22 a 24/04/2010



PROGRAMAÇÃO



Dia 22/04 - Quinta-feira

Período: Manhã

Tema: “Educação Ambiental Aplicada e Gestão Territorial”

8:00 às 9:00h – Credenciamento

9:00 às 10:00h – Palestra

10:00 às 12:00h – Mesa Redonda

Período: Tarde

Tema: “Educação Ambiental Aplicada”

14:00 às 16:00h – Mesa Redonda

16:00 às 18:00h – Apresentação de Painéis



Dia 23/04 - Sexta-feira

Período: Manhã

Tema: “Educação Ambiental Aplicada e Gestão Territorial”

08:00 às 09:00h – Palestra

09:30 às 12:00h – Mesa Redonda

Período: Tarde

Tema: “Gestão Territorial”

14:00 às 16:00h – Mesa Redonda

16:00 às 18:00h – Apresentação de painéis



Dia 24/04 – Sábado

Período: Manhã

08:00 às 12:00 – Mini-cursos

Período: Tarde

14:00 – Atividade Cultural



Obs.: Informações com maiores detalhamentos serão fornecidas em novas circulares.



Contatos:

E-mail: educambiental2010@ gmail.com

Telefone: (85) 3366-9856 (Laboratório de Climatologia e Recursos Hídricos - UFC)

Fonte: Meu Amigo Valfredo Pereira

Web Rádio Bodó FM

Jornal Cajarana, Circulará em Bodó



Numa Parceria do Blog do Divino Silva com Jornal Cajarana.

Bodó terá mais um veiculo de comunicação impresso. O mesmo sai em edição mensal e quem tiver Interesse de receber o Jornal em sua Casa é só procurar Divino Silva e Fazer sua Assinatura.

Que custará apenas R$- 1,00 por mês.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Vereadores querem vaga na Câmara dos Deputados


No pleito de 2010 da Câmara Municipal de Natal virá, pelo menos, cinco candidatos. Na disputa pela Assembleia Legislativa serão lançados os vereadores Ney Lopes Júnior (DEM) e Sargento Regina (PDT). Para tentar uma vaga na Câmara dos Deputados estarão três legisladores municipais: Adenúbio Melo (PSB), Júlia Arruda (PSB) e Paulo Vagner (PV). Entre eles uma coincidência: todos são estreantes no pleito estadual.

Cada um desses candidatos levará para as ruas uma estratégia. Alguns buscarão os votos segmentados de grupos, outros tentarão “herdar” colégios eleitorais dos pais, que também foram políticos.

Esse último exemplo é o caso de Ney Lopes Júnior, que se lança ao pleito tentando trabalhar os nichos eleitorais que eram do seu pai, o ex-deputado federal Ney Lopes. Já a vereadora Sargento Regina pleiteará pela primeira vez uma vaga na Assembleia Legislativa atuando no segmento dos policiais militares, do qual já foi presidente da Associação dos Sargentos.

Na disputa para deputado federal, a vereadora Júlia Arruda se lança com o discurso do “jovem, do novo”. Mais focado em um segmento está o vereador Adenúbio Melo, que acredita “ter unificado os evangélicos” em torno da sua candidatura.

Outro que se lançará para a Câmara Federal é Paulo Vagner (PV). Com a definição do PV de que terá como uma das metas eleger um deputado federal, o vereador, que foi o mais votado no pleito de 2010, lança-se com chances, mas para isso terá um concorrente direto na chapa: o secretário do Gabinete da Prefeita de Mossoró, Gustavo Rosado.

Nessa lista de vereadores que disputarão uma candidatura este ano, figurou também o atual presidente da Câmara, Dickson Nasser (PSB), mas ele desistiu e lançará o nome do filho, Dibson Nasser, para uma vaga na Assembleia Legislativa.

Fonte: Tribuna do Norte

CNJ cancela titularidade de 165 cartórios do RN


Decisão da Corregedoria do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), publicada ontem no Diário Oficial, tornou vaga a titularidade de 7.828 cartórios extrajudiciais de todo o País, criando a necessidade de realização de concurso público para reorganizar os serviços, de acordo com informações da Agência CNJ de Notícias. No Rio Grande do Norte foram declaradas vagas as titularidades de 165 cartórios, entre eles o 5º Ofício de Notas de Natal, quatro cartórios de Mossoró, dois de Parnamirim, dois de São Gonçalo do Amarante e quatro do município de Santo Antônio (1º e 2º Ofícios de Notas, Acervo de Serrinha e Termo de Jundiá).

A decisão, assinada pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, tem como base a Resolução 80 do CNJ, que prevê a vacância dos serviços notariais e de registro ocupados em desacordo com a Constituição Federal de 1988. “Estamos cumprindo a Constituição”, afirmou o ministro. Até 1988, os cartórios eram transmitidos por hereditariedade. A Constituição tornou obrigatório concurso público para tabeliães e acabou com a figura dos substitutos. A regra, porém, só foi regulamentada em 1994. Os 7.828 cartórios cujas titularidades foram consideradas vagas hoje foram beneficiados pelo vácuo jurídico de 1988 a 1994.

A Corregedoria do CNJ também publicou, na mesma data, decisões considerando regular a situação de 6.301 outros cartórios. “A publicação visa garantir transparência aos trabalhos e permite amplo controle da sociedade sobre os cartórios extrajudiciais”, afirma o órgão, em nota publicada no site do CNJ.

A discussão sobre a situação dos cartórios se encontra atualmente na Câmara dos Deputados, que no fim do ano passado adiou a votação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 471, que garantiria a efetivação de dirigentes de cartórios admitidos entre 1988 e 1994 sem concurso.

O texto, que foi alvo de um acirrado debate, em outubro, na Comissão de Direitos Humanos, está pronto para ser votado pelo plenário da Câmara, mas ainda provoca divergências entre os deputados.

Ainda de acordo com o CNJ, a situação de cada cartório foi analisada de forma individualizada, a fim de se garantir a observância dos direitos preservados pela própria Constituição Federal e de decisões do Supremo Tribunal Federal (STF). O órgão alerta de que eventuais impugnações contra a decisão poderão ser apresentadas à Corregedoria Nacional de Justiça no prazo de 15 dias.

A Corregedoria do CNJ informou ainda que todos os cartórios, inclusive aqueles incluídos na relação provisória de vacâncias, continuam prestando os serviços regularmente. Conforme prevê a Resolução 80, os interinos que respondem pelas serventias que serão submetidas a concurso permanecerão à frente dos cartórios até a posse de novo delegado aprovado em concurso público.

De acordo com a Constituição Federal de 1988 (parágrafo 3º, do artigo 236), “o ingresso na atividade notarial e de registro depende de concurso de provas e títulos, não se permitindo que qualquer serventia fique vaga, sem abertura de concurso de provimento ou de remoção, por mais de seis meses”. Muitos cartórios, contudo, nunca foram submetidos a concurso público regular, circunstância que determinou a ação do CNJ.

Vagas em cartórios

ACARI
AFONSO BEZERRA
ÁGUA NOVA
ALEXANDRIA
ALMINO AFONSO
ANGICOS
ANTONIO MARTINS
APODI
AREIA BRANCA
ARÊS
ASSU 2º Of. Notas
BARAÚNA
BARCELONA
BENTO FERNANDES
BOA SAÚDE
BODÓ
CAIÇARA DO NORTE
CAIÇARA DO RIO DO VENTO
CAICÓ 2º cart.
CAICÓ 3º Of. Notas
CAICÓ 1º Of. Notas
CAMPO GRANDE Cart. Único
CAMPO GRANDE Único Oficio
CAMPO REDONDO
CARAÚBAS
CARNAÚBA DOS DANTAS
CARNAUBAIS
CEARÁ-MIRIM 1º Of. Notas
CEARÁ-MIRIM 2º Of. Notas
CERRO CORÁ
CORONEL EZEQUIEL
CORONEL JOÃO PESSOA
CRUZETA
CURRAIS NOVOS 2º Of. Notas
DOUTOR SEVERIANO
ENCANTO
EQUADOR
ESPÍRITO SANTO
FELIPE GUERRA
FERNANDO PEDROZA
FLORÂNIA
FRANCISCO DANTAS
FRUTUOSO GOMES
GALINHOS
GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO
GROSSOS
GUAMARÉ
IPUEIRA
ITAÚ
JAÇANÃ
JANDAÍRA
JANDUÍS
JAPI
JARDIM DE ANGICOS
JARDIM DE PIRANHAS 1º Of. Notas
JARDIM DE PIRANHAS 2º Of. Notas
JARDIM DO SERIDÓ
JOAO CÂMARA 1º of Notas
JOAO CÂMARA 2º Of. Notas
JOÃO DIAS
LAGOA D’ANTA
LAGOA DE PEDRAS
LAGOA DE VELHOS
LAGOA NOVA
LAGOA SALGADA
LAJES
LAJES PINTADAS
LUCRÉCIA
LUÍS GOMES
MACAÍBA 1º Of. Notas
MACAÍBA 2º Of. Notas
MACAU 2º Of. Notas
MACAU 3º Of Notas
MAJOR SALES
MARCELINO VIEIRA
MARTINS
MAXARANGUAPE
MESSIAS TARGINO
MONTANHAS
MONTE ALEGRE
MONTE DAS GAMELEIRAS
MOSSORÓ 1º Of.
MOSSORÓ 2º Of. Notas
MOSSORÓ 3º Of. Notas
MOSSORÓ 4º Of. Notas
MOSSORÓ 7º Of. Notas
NATAL 5º Of. Notas
NÍSIA FLORESTA
NOVA CRUZ 2º Of. Notas
NOVA CRUZ Pedro Soares
OLHO-D’ÁGUA DO BORGES
PARANÁ
PARAÚ
PARAZINHO
PARELHAS
PARNAMIRIM 1º Of. Notas
PARNAMIRIM 2º Of. Notas
PASSA E FICA
PASSAGEM
PAU DOS FERROS 1º Of. Notas
PEDRA GRANDE
PEDRA PRETA
PEDRO AVELINO
PENDENCIAS 1º Of. Notas
PILÕES
POÇO BRANCO
PORTALEGRE
PORTO DO MANGUE
PUREZA
RAFAEL FERNANDES
RAFAEL GODEIRO
RIACHO DE SANTANA
RIACHUELO
RIO DO FOGO
RUY BARBOSA
SANTA CRUZ 1º Of. Notas
SANTA CRUZ 2º Of. Notas
SANTA MARIA
SANTANA DO MATOS
SANTANA DO SERIDÓ
SANTO ANTONIO 1º Of. Notas
SANTO ANTONIO 2º Of. Notas
SANTO ANTONIO Acervo de Serrinha
SANTO ANTONIO Termo de Jundiá
SÃO BENTO DO NORTE
SÃO BENTO DO TRAIRI
SÃO FERNANDO
SÃO FRANCISCO DO OESTE
SÃO GONÇALO 12º Of. Notas
SÃO GONÇALO 2º Of. Notas
SÃO JOÃO DO SABUGI
SÃO JOSÉ DE MIPIBU 2º Of. Notas
SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE
SÃO JOSÉ DO SERIDO
SÃO MIGUEL 1º Of. Notas
SÃO MIGUEL 2º Of. Notas
SÃO PAULO DO POTENGI
SÃO PEDRO
SÃO RAFAEL
SÃO TOMÉ
SÃO VICENTE
SENADOR ELOI DE SOUZA
SENADOR GEORGINO AVELINO
SERRA CAIADA
SERRA DE SÃO BENTO
SERRA DO MEL
SERRA NEGRA DO NORTE
SERRINHA DOS PINTOS
SEVERIANO MELO
SÍTIO NOVO
TABOLEIRO GRANDE
TANGARÁ
TENENTE ANANIAS
TIBAU
TIBAU DO SUL
TIMBAÚBA DOS BATISTAS
TOUROS
UMARIZAL
UPANEMA
VÁRZEA
VENHA-VER
VERA CRUZ
VIÇOSA
VILA FLOR