sábado, 4 de julho de 2009

PolíticaAvalie esta notícia Avalie esta notícia Ótima


O juiz eleitoral Roberto Guedes negou o pedido de agravo regimental impetrado pelo advogado Marcos Lanuce Lima Xavier em favor do prefeito cassado de Tibau, Francisco de Assis Diniz (PSB). O juiz argumentou a inexistência de excepcionalidade e decidiu que deve ser mantida a decisão de primeira instância. A decisão foi publicada ontem, no Diário da Justiça Eletrônico.Francisco Diniz foi cassado no final da tarde de quinta-feira, 2, acusado de compra de voto na eleição de outubro do ano passado. O processo, encaminhado pelo Ministério Público, foi motivado pelas denúncias do ex-prefeito derrotado na última campanha Sidrônio Freire (PMDB).Como a chapa de Francisco Diniz e Luis Nazareno obteve 54% dos votos válidos, o juiz determinou que aconteça novas eleições. Com a saída de Diniz, a Prefeitura de Tibau passa a ser administrada pela presidenta da Câmara Municipal, Evaneide Fernandes da Costa, “Neinha” (PSB), que ficará no cargo até que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marque nova eleição. A diplomação ocorreu ontem, às 10h, em Areia Branca.A Câmara Municipal ficou sob o comando do vice-presidente, Everaldo Rodrigues Rebouças (DEM). Ontem, ele acusou o ex-prefeito de ter sumido com documentos, armários, mesas e computadores da Prefeitura. A Polícia local foi acionada para registrar o Boletim de Ocorrência. O prefeito cassado Francisco Diniz continua trabalhando para reverter o quadro. O município de Tibau está localizado na região Oeste.

FONTE: Tribuna do Norte
http://tribunadonorte.com.br/noticias/114785.html

Um comentário:

cortezassuncao disse...

Divino sou leitor desse blog como de tantos outro do nosso brasil, e como tucano fico feliz em saber que em Bodó o nosso partido tem uma pessoa qualificada para representa lo,mesmo sendo político em lagoa nova tenho minhas raízes por estas terras pois tenho uma chícara no sitio paudolio.parabéns cara.